Fim do ciclo “Greta Garbo (Divas II)”

Etiquetas

,

Greta Garbo

Com apenas 36 anos, Greta Garbo participava no seu último filme, a comédia “A Mulher de Duas Caras” (Two-Faced Woman, 1941), de George Cukor. Por motivos vários (um forte ataque da Liga de Decência, a coincidência do ataque a Pearl Habor, e uma má recepção da crítica), o filme não foi o sucesso esperado, e Garbo, desiludida, resolveu parar um pouco. A guerra tornava mais difícil a obtenção de recursos para os projectos mais ambiciosos da actriz, e aos poucos começou a ver-se recusar todos os papéis que lhe eram oferecidos, até se perceber que Garbo tinha abandonado para a sempre o cinema.

Restava o mito. O mito da sua persona artística, mulher forte que desafiava, sem pudor, o duplo padrão masculino. O mito da sua distância e isolamento, reclusa de si própria, com uma vida pessoal ainda hoje muito secreta. O mito da grande actriz que trouxe uma nova forma de estar no ecrã, passando com igual brio do cinema mudo para o sonoro. O mito da beleza sempre jovem, que não se deixaria mais filmar ou fotografar depois dos 36 anos.

A imagem de Garbo tornava-se um ícone, mesmo para quem pouco conhece os seus filmes. A sua beleza fria e serena, como uma perfeita máscara de cera, continua a inspirar nos dias de hoje, tal como a sua personalidade distinta continua a ser motivo de estudo e controvérsia. Acima de tudo ficou a obra de uma grande actriz, que A Janela Encanta acompanhou através de 22 dos seus 23 filmes de Hollywood ainda existentes (já que “Romance” foi impossível de encontrar).

Textos adicionais

A Mulher de Duas Caras, 1941

Etiquetas

, , , , , , , ,

Two-faced WomanSinopse:
Larry Blake (Melvyn Douglas) é um editor de uma revista de moda nova-iorquina, de férias numa estância de esqui. Quando vê a instrutora Karin Borg (Greta Garbo), apaixona-se por ela, e sem que quase percebam como, os dois casam. Só que os problemas começam quando há necessidade de voltar à vida real. É que Karin, é amante da vida ao ar livre, sem amarras ou condicionantes, enquanto Larry quer voltar para Nova Iorque, e exige que Karin o acompanhe. Esta nega-se, mas surge depois fingindo ser uma irmã gémea, Katherine, de conquistas fáceis e vida boémia, disposta a testar a fidelidade do marido, constantemente rodeado pela pretendente Griselda (Constance Bennett). Continuar a ler

As Loucas Aventuras de Barba Amarela, o Pirata, 1983

Etiquetas

, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

YellowbeardSinopse:
No século XVII, Barba Amarela (Graham Chapman) é um pirata temível pelos navios assaltados, horríficas mortes e violações, que acaba por ser preso por evasão fiscal. Na Inglaterra a cumprir pena, Barba Amarela espera o dia em que será posto em liberdade para recuperar o seu tesouro escondido. Quem por ele espera, é o seu antigo imediato, Moon (Peter Boyle) que colocou o seu espião Gilbert (Marty Feldman) na cela com Barba Amarela. Mas a coroa decide actuar, na pessoa do Comandante Clement (Eric Idle), que prolonga a pena para forçar a fuga de Barba Amarela. Este vai ter a casa da ex-amante Betty (Madeline Kahn), a qual o informa que o mapa do tesouro está no escalpe do filho de ambos, Dan (Martin Hewitt), e juntos partem às escondidas para as Caraíbas, perseguidos por todos. Continuar a ler

Ninotchka, 1939

Etiquetas

, , , , , , , , , , , , ,

NinotchkaSinopse:
De Moscovo chegam a Paris Iranoff (Sig Ruman), Buljanoff (Felix Bressart) e Kopalski (Alexander Granach), três oficiais russos encarregados de vender as jóias da grã-duquesa Swana (Ina Claire), confiscadas durante a revolução. Mas não só eles se deixam deslumbrar pelo luxo parisiense, como são ludibriados pelo conde Léon d’Algou (Melvyn Douglas), que impugna a venda, reclamando as jóias para a grã-duquesa em tribunal. Chega então a enviada-especial Ninotchka (Greta Garbo), célebre pela sua frieza e austeridade. Cabe a Léon quebrar o gelo, o que consegue apaixonando-se e fazendo Ninotchka apaixonar-se por si. Só que, findo o processo, Ninotchka é obrigada pela grã-duquesa a regressar, sob pena de perder as jóias, e Léon não tem como entrar na União Soviética. Continuar a ler

The Stunt Man – O Fugitivo, 1980

Etiquetas

, , , , , , , , , ,

The Stunt ManSinopse:
Enquanto foge da polícia, Cameron (Steve Railsback) vai participar inconscientemente numa gravação de um filme, na qual um carro cai de uma ponte. A morte de Burt, o duplo dentro do carro, e a iminente paragem nas filmagens, leva o realizador, Eli Ross (Peter O’Toole) a apresentar Cameron como o duplo Burt, enganando a polícia, ao mesmo tempo que dá a Cameron a possibilidade de escapar à perseguição. Cedo Cameron se deixa fascinar por aquele mundo de faz de conta, e se apaixona por Nina (Barbara Hershey), a actriz principal. Mas quantos mais dias passam e mais arriscados os seus desempenhos se tornam, mais Cameron se convence de que Ross nada poupará para obter as cenas pretendidas, nem que isso custe matá-lo, livrando-se assim definitivamente do problema da morte de Burt, e do auxílio ao fugitivo. Continuar a ler

Maria Walewska, 1937

Etiquetas

, , , , , , , , , , , , , , , ,

ConquestSinopse:
Maria Walewska (Greta Garbo) é uma bela condessa polaca, esposa do muito mais velho conde Anastas Walewski (Henry Stephenson). Ambos vivem o desconforto da guerra, e quando as tropas de Napoleão (Charles Boyer) chegam como salvadoras, é-lhes impossível não sentir fascínio pelo imperador. Quando todos percebem que Napoleão está igualmente fascinado pela beleza de Maria, os políticos polacos pedem-lhe que ela se lhe entregue como moeda de troca para uma aliança política. A princípio relutante, Maria resigna-se pelo bem da sua pátria, e acaba, também ela, por se apaixonar pelo imperador. Sabendo que tem de o partilhar com as campanhas militares, Maria ama Napoleão, mesmo nas esperas, respeitando-lhe as decisões, que crê, sirvam para salvar a Europa. Mas quando este se divorcia de Josefina, Maria sonha finalmente com o casamento, descobrindo então que é intenção do seu amante casar com uma princesa habsburga, para cimentar uma sua dinastia, e no fundo, tornar-se igual a todas as velhas casas reais que ele tanto combateu. Continuar a ler

O Sentido da Vida, 1983

Etiquetas

, , , , , , , , , , ,

Monty Python's the Meaning of LifeSinopse:
De volta ao formato de sketches, os Monty Python (Graham Chapman, John Cleese, Terry Gilliam, Eric Idle, Terry Jones, Michael Palin) apresentam uma história solta, com um tema de fundo: “o sentido da vida”. Esta divide-se em sete partes: “O milagre do nascimento”; “Crescimento e aprendizagem”; “Encontrando-se um ao outro”; “A idade média”; “Transplante de órgãos de pacientes vivos”; “Os anos do Outono”; “Morte”. Há ainda espaço para algumas ligações como “O meio do filme”, e “O fim do filme”, e o momento surreal “Procura o Peixe”. O filme propriamente dito é antecedido pela curta-metragem “The Crimson Permanent Assurance”, na qual velhos empregados do mundo da finança tomam de assalto o seu escritório, fazendo o seu velho prédio navegar nas águas das finanças internacionais, assaltando as grandes corporações. Continuar a ler

Margarida Gauthier, 1936

Etiquetas

, , , , , , , , , , , ,

CamilleSinopse:
Margarida Gauthier (Greta Garbo) é uma mulher bela, habituada à vida boémia parisiense, e cujos gastos e hábitos luxuosos são suportados pelos amantes ricos que vai tendo. É o caso do Barão de Varville (Henry Daniell), que ela escolhe sobre o jovem inocente Armand Duval (Robert Taylor) que dela se enamora. Mas a insistência de Armand vai quebrar as barreiras do pragmatismo, e Margarida aceita deixar o luxo de Paris para conhecer sentimentos verdadeiros. Só que isso implica que Armand abandone os seus projectos e empenhe a sua fortuna para manter Margarida e livrá-la das dívidas acumuladas. Continuar a ler

Os Monty Python em Hollywood Bowl, 1982

Etiquetas

, , , , , , , , , , , , ,

Monty Python Live at the Hollywood BowlSinopse:
Edição dos espectáculos realizados no Hollywood Bowl de Los Angeles, de 26 a 29 de Setembro de 1980. Graham Chapman, John Cleese, Terry Gilliam, Eric Idle, Terry Jones e Michael Palin, acompanhados da fiel Carol Cleveland e do músico Neil Innes (que canta duas das suas canções), apresentam alguns dos melhores números da série televisiva, incluindo “Ministry of Silly Walks”, “The Two Judges”, “The Whizzo Chocolate Company” e “The Argument Clinic”, bem como algumas canções, imagens dos pouco vistos episódios alemães, e os números que nunca foram gravados para televisão “Michelangelo and the Pope”, ” Four Yorkshiremen ” e ” Custard Pie Lecture “, entre outros. Continuar a ler

Ana Karenina, 1935

Etiquetas

, , , , , , , , , , , , ,

Anna KareninaSinopse:
Numa visita à família do seu irmão Stiva (Reginald Owen), em S. Petersburgo, a bela Ana Karenina (Greta Garbo) conhece o conde Alexei Vronsky (John Gilbert), soldado imperial, que por ela se apaixona, mesmo que seja o pretendido de Kitty (Maureen O’ Sullivan), a irmã da esposa de Stiva. Sob os avanços de Vronski, e com um marido (Basil Rathbone) que a trata como uma propriedade, Ana vai-se apaixonar, e ceder à tentação de deixar a Rússia para viver com o seu amante. Mas as saudades de Ana pelo filho, e as de Vronski pelo exército fazem-nos voltar, ainda que saibam que condenados pela sociedade de Moscovo. Continuar a ler

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 66 outros seguidores