Etiquetas

, , , , , , , , ,

Marcel Dalio e Jean Renoir em "A Regra do Jogo" (La règle du jeu, 1939), de Jean Renoir

Quando, há alguns anos, num documentário de Martin Scorsese, vi o realizador tecer elogios ao que chamava Realismo Poético Francês, cujas imagens me deixavam desde logo de água na boca, decidi que um dia também eu teria de fazer essa viagem.

Por isso, aqui trago algum cinema francês da década de 1930, numa altura em que, com a perda de poder económico dos grandes estúdios devido à Primeira Guerra Mundial e à Grande Depressão, se apostava num cinema de meios mais modestos, mas onde os autores tinham uma palavra mais forte. Foi o cinema que buscava temas no realismo literário do século XIX, que não temia mostrar o povo simples como centro da acção, e onde pobreza, tristeza e a desgraça humanas eram mostradas com realismo, sim, mas com um olhar de candura a que se associavam as técnicas mais modernas que então o cinema vinha descobrindo.

É esse olhar para o cinema de Jean Renoir, Jean Vigo, Julien Duvivier, Marcel Carné e Pierre Chenal que constituirá o primeiro ciclo da Janela de 2021. Até ao primeiro filme, leiam o texto adicional no link seguinte.

Textos adicionais
A lista de filmes