Etiquetas

Clara Bow e Larry Taylor em 1925

Termina aquele que foi o sétimo ano civil d’A Janela Encantada e, como sempre, ficam os votos de um excelente novo ano para todos os leitores e amigos do blogue, com muita saúde e alegria, e alguma fantasia que vos traga sempre de volta a este espaço encantado.

Olhando para aquelas que foram as promessas para 2018, algumas foram cumpridas, outras – não fosse afinal este um espaço onde a espontaneidade vai ainda tomando as rédeas – nem por isso. São os casos dos ciclos O Novo Cinema Iraniano, H. P. Lovecraft e O Realismo Poético Francês, que serão apostas para 2019. A integral Rainer Werner Fassbinder vai continuar pelo novo ano, o qual será depois dedicado a Andrei Tarkovsky. Quanto ao tema do ano, ele será Os pintores e o cinema, composto de biopics de grandes nomes da pintura. Finalmente, se houver tempo, prevêem-se ciclos intitulados Ealing Comedies, o regresso do Cinema XXI e algum espaço para o cinema de animação.

Com estes e/ou outros ciclos, deste lado o compromisso mantêm-se: acompanhar apaixonadamente vários períodos, estilos, géneros e autores que fazem a história do cinema. Mantenham-se desse lado, e juntos manteremos esta pequena janela aberta, por onde só entra a magia do cinema

Feliz Ano Novo!

Anúncios