Etiquetas

, ,

Jerry Lewis em 2015

Foram 14 os filmes apresentados neste ciclo dedicado à carreira de autor de Jerry Lewis, aqueles em que teve importante papel criativo, quer como produtor, realizador e/ou argumentista.

Hoje associado, quer a uma ingenuidade pueril da sua carreira inicial em parceria com Dean Martin, quer ao seu lado mais histriónico, nos seus conhecidos exageros físicos, fica muitas vezes esquecido que Lewis foi também um criador com uma voz única. Do citado humor físico às homenagens ao burlesco mudo, passando por um apurado sentido de absurdo e grande capacidade para criar situações originais, Jerry Lewis construiu uma obra ímpar, tornando-se uma referência para as gerações seguintes.

Depois da fase áurea da sua carreira, Lewis votou-se a um maior afastamento do grande ecrã, dregressando apenas para algumas colaborações esporádicas, a mais mediática (e talvez bem-sucedida) das quais terá sido a sua presença em “O Rei da Comédia” (The King of Comedy, 1983) de Martin Scorsese. Mas qual personagem elástico de um dos seus filmes, o génio de Lewis não está apagado, e poderá ainda voltar.

Textos adicionais
A lista de filmes

Anúncios