Etiquetas

, , , , , , , , ,

It's Only MoneyQuando o patriarca dos milionários Albright morre, é lançado um apelo para encontrar o seu filho desaparecido. Pete Flint (Jesse White), um detective privado, aceita o repto, e leva consigo o seu reparador de televisões e amante de livros policiais, Lester March (Jerry Lewis). Só que, mal Lester se anuncia em casa dos Albright é imediatamente reconhecido como o herdeiro desaparecido. A sua vida fica então em perigo, com o advogado Gregory DeWitt (Zachary Scott) e o seu braço-direito Leopold (Jack Weston) a tentarem tudo para se livrarem dele.

Análise:

Depois dos dois filmes realizados por si próprio em 1961, Jerry Lewis confiou o filme seguinte da sua Jerry Lewis Productions ao seu amigo Frank Tashlin, com argumento de John Fenton Murray, e produção de Paul Jones. Filmado a preto e branco, foi, por comparação com os recentes: “Cinderelo dos Pés Grandes” (Cinderfella, 1960) de Frank Tashlin e “O Homem das Mulheres” (The Ladies Man, 1961) do próprio Lewis, uma produção menor, que funciona como uma espécie de homenagem ao noir dos anos 1940.

Desta vez voltava-se à fórmula de uma história com princípio meio e fim, onde os gags fossem integrados na narrativa, como meio de a fazer avançar, como aliás já tinha acontecido no anterior (e desinspirado) filme de Tashlin. Nesse sentido, “Dinheiro e só Dinheiro” é uma evolução positiva, com Lewis menos exagerado, e gags mais imaginativos.

Tudo se passa na história de Lester March (Jerry Lewis), um desastrado reparador de televisões que, sem o saber, é o herdeiro de uma enorme fortuna. Como o destino coloca o detective privado Pete Flint (Jesse White) como seu cliente no dia do anúncio da herança, e este quer investigar o caso para ganhar a recompensa, March alinha em ajudar Flint e dá por si na casa dos milionários Albright, onde é imediatamente reconhecido como o herdeiro. Segue-se as tentativas de o eliminar por parte do maquiavélico Gregory DeWitt (Zachary Scott), advogado da imbecil irmã de March (Mae Questel), e do cúmplice daquele, o sádico Leopold (Jack Weston). Pelo meio, March vai-se apaixonar pela enfermeira da família, a bela Wanda Paxton (Joan O’Brien), que o põe a par dos esquemas e, com a ajuda de Flint, vai desmascarar os criminosos.

Embora o argumento seja bastante previsível e insipiente, é, ainda assim, suficientemente coeso para proporcionar uma linha narrativa simples, e dada aos gags de Lewis, que são, afinal, o cerne do filme. Nota-se, como não podia deixar de ser, uma propensão para a lógica dos desenhos animados que era o ADN de Frank Tashlin, um dos nomes fortes da era dourada dos Looney Tunes, da Warner Bros. Assim, não espantam as explosões que não fazem mais que chamuscar as vítimas, as quedas de carros em andamento, as várias tentativas frustradas de matar March (lembrando os míticos Wiley Coyote e Road Runner), e momentos tão típicos como os choques eléctricos de March (aos saltos pela estrada de cada vez que se ilumina) ou o ser pescado por uma linha de pesca.

Um pouco mais contido que antes, Lewis tenta não sobrecarregar o seu personagem, que consegue em certos momentos ser razoável, mesmo que continue o espalhafatoso desastrado de bom coração de sempre. Os diálogos de Lewis são aqui mais importantes e bem conseguidos que nos filmes anteriores, numa história que avança apenas mercê das decisões e desastres do seu personagem, num humor que funciona a espaços, graças à citada lógica do surrealismo e burlesco dos desenhos animados.

Jesse White e Jerry Lewis em "Dinheiro e só Dinheiro" (It's Only Money, 1962) de Frank Tashlin

Produção:

Título original: It’s Only Money; Produção: Jerry Lewis Productions; País: EUA; Ano: 1962; Duração: 83 minutos; Distribuição: Paramount Pictures; Estreia: 21 de Novembro de 1962 (EUA).

Equipa técnica:

Realização: Frank Tashlin; Produção: Paul Jones; Argumento: John Fenton Murray; Música: Walter Scharf; Orquestração: Leo Shuken, Jack Hayes; Fotografia: W. Wallace Kelley [preto e branco]; Montagem: Arthur P. Schmidt; Direcção Artística: Hal Pereira, Tambi Larsen; Cenários: Sam Comer, James W. Payne; Figurinos: Edith Head; Caracterização: Wally Westmore; Efeitos Visuais: John P. Fulton; Coreografia: Bobby Van; Direcção de Produção: William Davidson.

Elenco:

Jerry Lewis (Lester March), Joan O’Brien (Wanda Paxton), Zachary Scott (Gregory DeWitt), Jack Weston (Leopold), Jesse White (Pete Flint), Mae Questel (Cecilia Albright), Pat Dahl (Rapariga), Barbara Pepper (Fisherwoman), Francine York (Rapariga), Milton Frome (Polícia no Cais), Del Moore (Polícia), Ted de Corsia (Polícia).

Anúncios