Etiquetas

, ,

Alexander Sokurov com o Leão de Ouro do Festival Internacional de Veneza, em 2011

Em Maio, A Janela Encantada tem como realizador em destaque, Alexander Sokurov, um dos nomes mais importantes do actual cinema russo. Nascido em 1941, Alexander Sokurov testemunhou o final da União Soviética, e a passagem à actual República Russa, teve obras censuradas, e conheceu, já neste século, um reconhecimento internacional.

A sua experiência, sensibilidade social e política, e a paixão pela história e arte que o levaram a um curso universitário nessas áreas, fazem dele um observador atento, que narra a situação russa, na sua relação com a Europa, do ponto de vista dos poderes e suas transições, mas sempre com um sentido poético e gosto clássico, que o tornam uma espécie de herdeiro de Andrei Tarkovsky.

É para a obra de Sokurov que vai aqui ser dado um breve olhar, em quatro dos seus filmes mais emblemáticos, realizados neste século.

Textos adicionais

Anúncios