Etiquetas

, , , , , , , ,

Fierce CreaturesQuando um Zoo inglês é comprado pelo multimilionário australiano Rod McCain (Kevin Kline), uma nova política de atracção de público é posta em prática pelo novo director Rollo Lee (John Cleese). Este pretende que todos os animais sejam ferozes, para desgosto dos tratadores, comandados por Bugsy (Michael Palin), que assim temem que os seus protegidos tenham de ser vendidos. Com os resultados desastrosos que se verificam, McCain envia para Inglaterra o seu filho Vince (também Kevin Kline) e Willa Weston (Jamie Lee Curtis), para supervisionarem o negócio. Uma série de apostas falhadas, e um desfalque de Vince, deitam tudo a perder levando a que todos se unam para enganar Rod McCain, o qual ameaça fechar o Zoo.

Análise:

Em 1995 John Cleese reuniu o elenco de “Um Peixe Chamado Wanda” (A Fish Called Wanda, 1988) para uma comédia que captasse o espírito do filme anterior, tentando repetir os excelentes resultados do filme realizado por Charles Crichton. Sem o veterano realizador ao leme, a realização foi entregue a Robert Young, o realizador de “Splitting Heirs” (1993) do também Python, Eric Idle. Fred Schepisi realizaria depois uma nova versão do segmento final, depois o original ter sido rejeitado. O filme seria, segundo as próprias palavras de Cleese “an equal, not a sequel”, uma vez que, embora usasse o mesmo quarteto de protagonistas, estes eram personagens completamente diferentes, numa história sem ligação à primeira.

“Criaturas Ferozes” é a história de um Zoo inglês, comprado, num pacote de empresas, pelo multimilionário australiano Rod McCain (Kevin Kline), um egocêntrico e desumano homem de negócios, que não tem outro interesse pelas suas empresas que não seja o lucro. Não confiando no recém-apontado director, o inglês Rollo Lee (John Cleese), McCain envia o filho Vince McCain (também Kevin Kline) e Willa Weston (Jamie Lee Curtis) para supervisionarem a política do Zoo. Se Rollo apostara em criaturas ferozes, Vince verá o futuro no patrocínio de estrelas famosas.

Mas entretanto Willa, impressionada com o aparente magnetismo sexual de Rollo, vai deixar-se fascinar pelo Zoo, e descobrir o desfalque que Vince pretende dar. Avisado Rod, este chega com o intuito de vender o Zoo para demolição, pelo que Rollo, Willa, Vince, e os empregados liderados por Bugsy (Michael Palin) vão unir esforços para salvar o Zoo.

Sendo filmes absolutamente diferentes, são nítidas as aproximações entre “Um Peixe Chamado Wanda” e “Criaturas Ferozes”. Note-se como o segundo filme, a espelho do primeiro, se poderia chamar “Um Lémure Chamado Rollo”, nome do lémure e do personagem de John Cleese, tal como Wanda era um peixe e o personagem de Jamie Lee Curtis. Curiosamente foi este o nome do filme na Polónia. O próprio poster do filme imita o de “Um Peixe Chamado Wanda”, com os mesmos actores em posições parecidas, e um lémure.

Onde em “Um Peixe Chamado Wanda” se brincava com a sexualidade da nominal (cujo combustível eram frases noutras línguas), em “Criaturas Ferozes” brinca-se com a de Rollo, que por uma série de coincidências todos pensam ter sempre três ou quatro mulheres na cama consigo. Mantém-se a atrapalhação de Cleese, a violência de Kline, e a excentricidade de Palin (que já no filme anterior era amante de animais). E mantém-se, claro a sátira aos clichés com que ingleses e americanos (e até australianos) se vêem mutuamente. E por piada Rollo chama uma vez Wanda a Willa, por engano.

O que muda é a qualidade do argumento, que se em “Um Peixe Chamado Wanda” era simplesmente perfeito, em “Criaturas Ferozes” tem altos e baixos, os baixos sendo a parte intermédia do filme com evoluções paralelas que não irão contribuir para o avanço da história, e o personagem de Michael Palin, perdido entre os muitos tratadores de animais (onde no filme anterior era gago é agora um fala-barato, sem que isso seja particularmente cómico).

Pelo lado positivo destaca-se a verdadeira comédia de enganos que são todas as situações envolvendo a sexualidade de Rollo Lee, e principalmente os momentos de atrapalhação de Rollo, cujos comportamentos (como o lamber da perna ensanguentada de uma visitante) e os seus deslizes freudianos perante Willa, são em tudo reminiscentes do personagem Basil Fawlty, da série de televisão “Fawlty Towers”.

Além do quarteto principal são uma totalidade de 20 elementos de equipa em comum entre os dois filmes. Entre eles Michael Percival, Cynthia Cleese (filha de John) e Maria Aitken, a qual teve um papel bem mais relevante no primeiro filme. Destaque ainda para a presença de Ronnie Corbett, um dos mais populares actores de televisão britânicos de sempre.

Os fãs de Monty Python, não deixarão de sorrir ao ver Llamas, numa piscadela de olho à série da BBC. Outra ligação é o facto de a ideia do filme partir de um sketch escrito por Michael Palin e Terry Jones. Devido a isso, a aranha de Bugsy chama-se Terry.

Produção:

Título original: Fierce Creatures; Produção: Universal Pictures / Fish Productions / Jersey Films; Produtor Executivo: Steve Abbott; País: Reino Unido / EUA; Ano: 1997; Duração: 89 minutos; Distribuição: Universal Pictures; Estreia: 23 de Janeiro de 1997 (Austrália), 24 de Janeiro de 1997 (EUA), 1 de Maio de 1997 (Portugal).

Equipa técnica:

Realização: Robert Young, Fred Schepisi; Produção: Michael Shamberg, John Cleese; Co-Produção: Patricia Carr; Argumento: John Cleese, Iain Johnstone, William Goldman [não creditado] [baseado na ideia do sketch “The Fierce Creatures Policy” de Michael Palin e Terry Jones]; Música: Jerry Goldsmith; Fotografia: Ian Baker, Adrian Biddle [filmado em Panavision, cor por Rankcolor]; Montagem: Robert Gibson; Design de Produção: Roger Murray-Leach; Direcção Artística: David Allday, Kevin Phipps; Cenários: Brian Read, Stephenie McMillan, Peter Howitt; Figurinos: Hazel Pethig; Caracterização: Paul Engelen.

Elenco:

John Cleese (Rollo Lee), Jamie Lee Curtis (Willa Weston), Kevin Kline (Vince McCain / Rod McCain), Michael Palin (Bugsy Malone), Ronnie Corbett (Reggie, Leões Marinhos), Carey Lowell (Crias Felinas), Robert Lindsay (Sydney, Pequenos Mamíferos), Bille Brown (Neville Coltrane), Derek Griffiths (Gerry, Ungulados), Cynthia Cleese (Pip, Pequenos Mamíferos), Richard Ridings (Hugh, Primatas), Maria Aitken (Di, Administradora), Michael Percival (Tratador de Formigas), Fred Evans (Tratador de Flamingos), Lisa Hogan (Tratadora de Leões Marinhos), Choy-Ling Man (Tratador de Papagaios), Tim Potter (Tratador de Abutres), Jenny Galloway (Tratadora do Aquário), Kim Vithana (Tratador de Tigres), Sean Francis (Tratador de Búfalos), Julie Saunders (Tratador de Roedores).

Anúncios