Etiquetas

, , , , , , , , , , , , ,

And now for Something Completely DifferentCom a habitual propensão dos Monty Python em apresentar um humor feito de pequenos sketches, Graham Chapman, John Cleese, Terry Gilliam, Eric Idle, Terry Jones e Michael Palin mostram uma colecção dos melhores momentos das duas primeiras temporadas do célebre “Monty Python’s Flying Circus”, re-filmados para o grande ecrã. Entre os clássicos incluídos estão “Dead Parrot”, “Lumberjack Song”, “Marriage Guidance Counselour”, “Blackmail”, “Nudge, Nudge”, “Hell’s Grannies”, “Killer Cars”, “The Restaurant Sketch” e “Upper Class Twit of the Year”.

Análise:

Em 1971 o Reino Unido era já familiar com o humor dos Monty Python. A série da BBC, “Monty Python’s Flying Circus” (em Portugal conhecida como “Os Malucos do Circo”) tivera já as suas duas primeiras temporadas na televisão, e tornava-se um sucesso, pelo seu humor absurdo, surreal e imprevisível, que não respeitava formatos, nem conhecia barreiras nos seus ataques.

Foi então que o director do ramo inglês da Playboy, Victor Lownes, convenceu o grupo de que o formato para grande ecrã era o ideal para chegarem ao mercado norte-americano. Financiados em parte pela Playboy, os Python, dirigidos por Ian MacNaughton, o realizador da grande maioria dos seus episódios televisivos, decidiram tentar o seu formato, re-gravando cenas escolhidas das duas primeiras temporadas do “Flying Circus”.

O resultado é uma repetição de alguns dos seus melhores momentos, com diferentes elos de ligação entre si, filmados com maior cuidado, por vezes com mais figurantes, e com vozes de personagens femininas dobradas por actrizes. Se isso é uma mais valia nalguns sketches (nomeadamente nas histórias passadas no exterior), nem por isso todos eles são mais eficazes. Um maior uso da montagem e o uso do campo/contra-campo, bem como uma maior tendência para recorrer a grandes planos, corta por vezes a fluidez de cenas que são quase viscerais e resultam melhor em diálogos teatrais, sem interferência da montagem. Ainda assim, os defeitos do filme (rodado com baixo orçamento, e com uma antiga leitaria a servir para montar os interiores) são compensados pelo material de excelência, algum dele na altura ainda por estrear na segunda temporada.

Os sketches incluem: How Not to Be Seen / Man with tape recorder / Hungarian Phrasebook / Marriage Guidance Counsellor / Nudge Nudge / Self Defence Against Fresh Fruit / Hell’s Grannies / Camp Square-Bashing / Expedition to Mt. Kilimanjaro / Musical Mice / Sir Edward Ross / The Funniest Joke in the World / Dead Parrot / The Lumberjack Song / The Restaurant Sketch / Bank Robber / People Falling Out of High Buildings / Vocational Guidance Counsellor / Blackmail / The Battle of Pearl Harbor / Romantic Interlude / Upper Class Twit of the Year, além das surreais animações de Terry Gilliam.

Na Inglaterra, onde os fãs dos Monty Python acorreram para os ver a cores (de lembrar que, em 1970, os televisores ainda eram maioritariamente a preto e branco), o filme teve um moderado sucesso. Já nos Estados Unidos, ” Os Gloriosos Malucos à Solta” passou completamente despercebido. Só em 1974, depois de a PBS começar a transmitir a série televisiva, o público americano descobriu finalmente o humor surreal, absurdo e desrespeitador de quaisquer autoridades ou regras, dos Monty Python.

Produção:

Título original: And Now For Something Completely Different; Produção: Columbia Pictures Corporation / Playboy Productions / Kettledrum Productions / Python (Monty) Pictures; Produtores Executivos: Victor Lownes, David Gil [não creditado]; País: Reino Unido; Ano: 1971; Duração: 84 minutos; Distribuição: Columbia Pictures (EUA); Estreia: 30 de Setembro de 1971 (Reino Unido).

Equipa técnica:

Realização: Ian MacNaughton; Produção: Patricia Casey; Argumento: Graham Chapman, John Cleese, Terry Gilliam, Eric Idle, Terry Jones, Michael Palin; Animação: Terry Gilliam; Música: Douglas Gamley [não creditado]; Fotografia: David Muir [cor por Eastmancolor]; Montagem: Thom Noble; Direcção Artística: Colin Grimes; Figurinos: Ken Lewington; Caracterização: Jimmy Evans; Director de Produção: Kevin Francis.

Elenco:

[em múltiplos papéis]: Graham Chapman, John Cleese, Terry Gilliam, Eric Idle, Terry Jones, Michael Palin, Carol Cleveland, Connie Booth.

Anúncios