Etiquetas

, , ,

Se o cinema de aventura fascina desde sempre os espectadores de cinema de todas as idades, os filmes de piratas sempre se destacaram entre os mais amados desse género. Por algum motivo difícil de explicar, esses foras da lei, baseados em criminosos sanguinários reais que nos séculos XVI, XVII e XVIII enxamearam os mares das Caraíbas, chegaram-nos como figuras românticas de extremo charme e nobres intenções.

Desde “A Ilha do Tesouro” de Robert Louis Stevenson às muitas sagas de Emilio Salgari e Rafael Sabatini, a figura do pirata marítimo como herói aventureiro não deixou de nos invadir a imaginação. Cedo chegaria ao cinema, com Milton Sills e Douglas Fairbanks a interpretarem as primeiras versões destes heróis ainda no cinema mudo dos anos 1920.

Seja no romantismo de Errol Flynn, na acção de Tyrone Power, no maquiavelismo de Charles Laughton, no malabarismo de Burt Lancaster, ou no humor de Johnny Depp, o género mantém-se vivo, e A Janela Encantada homenageia-o, trazendo cerca de quinze filmes anteriores aos anos 60.

Textos adicionais
A lista de filmes

Anúncios