Etiquetas

, , , , , , , , , ,

The Three Must-Get-TheresSinopse:

Dart-In-Again (Max Linder) é um aspirante a Mosqueteiro, que deixa a terra natal para procurar fama e honra em Paris. Só que à chegada é roubado pelo maléfico Roquefort (Jean de Limur), e inadvertidamente envolve-se em duelos com os célebres três moqueteiros. Uma conspiração do Cardeal Richie-Loo (Bull Montana), para embaraçar a rainha dá-lhe a chance de se redimir, enfrentando os guardas do cardeal, e viajando para Inglaterra onde receberá a ajuda do Duque Poussy Bunkumin (Harry Mann). Regressado, Dart-In-Again recebe o reconhecimento do rei, e da sua amada Constance, tornando-se finalmente um Mosqueteiro do rei.

Análise:

“Os Três Mosquiteiros” foi o último filme americano de Max Linder, antes do seu regresso à Europa, onde se suicidaria pouco depois. Tendo montado a sua Max Linder Productions nos Estados Unidos em 1921, Linder não conseguiria a fama a que estava habituado na Europa, onde era, desde 1907, talvez o mais reconhecível rosto do cinema europeu. Tendo feito apenas um punhado de filmes em solo americano, eles conseguiram o reconhecimento dos seus pares (Chaplin, seu amigo, considereva-o a sua maior inspiração), mas não o sucesso junto do público.

Com “Os Três Mosquiteiros” Linder montou um movimentado filme onde aventura e comédia se entrelaçam. O filme é também um spoof dos filmes de aventuras como os interpretados por Douglas Fairbanks, ele também acabado de participar numa versão da imortal obra de Alexandre Dumas, pai, sob realização de Fred Niblo (The Three Musketeers, 1921).

Apesar de ser uma comédia de momentos delirantes, o filme de Linder é uma versão bastante aproximada da obra de Dumas, seguindo quase literalmente os seus pontos chave. Assim assistimos à partida de Dart-In-Again (Max Linder) para Paris, aos seus confrontos com Roquefort (Jean de Limur) e os Três Mosqueiros, ao ganhar da amizade destes, ao romance com Constance, à conspiração do Cardeal (Bull Montana) em torno de uma joia que a rainha entregou ao seu amante, o Duque Poussy Bunkumin (Harry Mann), e o final com Dart-In-Again a recuperar a joia, salvando a rainha, conseguindo a sua amada e o reconhecimento dos seus pares.

Max Linder surge assim fora do seu habitual personagem Max (embora ainda encontre uma cartola numa banca de um vendedor de rua), como um intrépido aventureiro, nem sempre capaz de convencer o seu cavalo a fazer o que quer. O filme destaca-se pelas sucessivas e rápidas cenas de acção, onde Linder mostra a sua destreza, numa produção que envolve ricos cenários, perseguições a cavalo, e muitas lutas (por vezes contra os adereços) em roupa de época.

Claro que, mesmo sendo um filme de aventura, é o humor que o caracteriza. Os habituais recursos burlescos estão presentes, desde perseguições, quedas, câmaras aceleradas ou retardadas para efeito cómico. Linder usa imensos truques de câmara, quer para sugerir saltos acrobáticos, quer impossíveis movimentos das espadas ou dos cavalos, brincando ainda com os planos (note-se a abertura de plano em que vemos inicialmente Linder a esgrimir, para descobrirmos que o faz contra os coices do seu cavalo). Outra fonte de humor é o constante recurso a anacronismos, não espantando por isso que os coches se pareçam com Fords Modelo T, ou que surjam telefones um pouco por todo o lado quando menos se espera.

Com a inteligência e a imaginação que se lhe reconhece, Linder conduz e interpreta um filme onde nenhuma cena se gasta, onde o ritmo nunca esmorece, e onde cada pequeno adereço se torna uma fonte de comicidade. Infelizmente assim não pensou o público a quem o filme se dirigiu.

Produção:

Título original: The Three Must-Get-Theres; Produção: Max Linder Productions; País: EUA; Ano: 1922; Duração: 40 minutos; Distribuição: Allied Producers & Distributors Corporation (EUA); Estreia: 27 de Agosto de 1922 (EUA), 6 de Novembro de 1925 (Portugal).

Equipa técnica:

Realização: Max Linder; Argumento: Max Linder [baseado no romance “Les Trois Mousquetaures” de Alexandre Dumas pai]; Intertítulos: Tom Miranda; Fotografia: Max Dupont, Enrique Juan Vallejo; Assistente de Realização: Fred Cavens.

Elenco:

Max Linder (Dart-In-Again), Bull Montana (Li’l Cardinal Richie-Loo), Frank Cooke (Rei Louis XIII), Caroline Rankin (Rainha Anne), Jobyna Ralston (Constance Bonne-aux-Fieux), John J. Richardson (Walrus), Charles Mezzetti (Octopus), Clarence Wertz (Porpoise), Fred Cavens (Bernajoux), Harry Mann (Lord Duke Poussy Bunkumin), Jean de Limur (Roquefort).

Anúncios