Etiquetas

, , , , , , , , , ,

House on Haunted HillSinopse:

O milionário Frederick Loren (Vincent Price) e a sua esposa Annabelle (Carol Ohmart) convidam cinco pessoas para passarem uma noite numa velha mansão. Caso o consigam receberão 10 mil dólares cada um. Os convidados chegam, sob os avisos do antigo proprietário Watson Pritchard (Elisha Cook Jr.) de que a casa é assombrada, e já sete pessoas ali foram assassinadas de modo macabro. Incrédulos, mas ansiosos, os restantes convidados são recebidos por Loren, que parece ter um mórbido prazer em assustá-los. Depois de um candeeiro que cai sem aviso, vários convidados vão começando a ter experiências inexplicáveis, que vão aumentando o nível de ansiedade de todos. Em breve surge o primeiro corpo, e todos compreendem que há um assassino na casa.

Análise:

Em 1959 William Castle, um realizador célebre pelos truques publicitários usados para aumentar o sensacionalismo dos seus filmes, realizou dois filmes com a presença de Vincent Price, um actor que começava a cimentar a sua fama como mestre de histórias macabras. O primeiro desses dois filmes foi “House on Haunted Hill”. Com argumento de Robb White, o filme foi produzido pelo próprio Castle para a independente Allied Artists.

Filmado a preto e branco, como o nome indica, “House on Haunted Hill” trata-se de um filme cujo personagem principal é uma casa, aparentemente assombrada. Tal confere ao filme uma certa atmosfera gótica, onde há um claro separar entre dois mundos: um mundo exterior, onde se nota a contemporaneidade da história, com automóveis, e uma casa que é um edíficio bastante moderno; e um mundo interior, feito de uma mansão decorada como se pertencesse a outro século, onde não há luz artificial ou telefones, ainda se encontram muitas teias de aranha, e onde se caminha à luz de velas.

A casa é de facto o elemento principal da história, que de outro modo seria um simples thriller de crime. William Castle consegue criar uma atmosfera adequada, onde os sustos se vão sucedendo, e os personagens vão credivelmente perdendo a compustura, contangiando-nos com o medo que aos poucos toma conta de si.

Com um conjunto de situações inspiradas, os personagens vão sentir-se perdidos numa roda viva de acontecimentos e emoções que lançam o clima de suspeição entre todos, não invalidando, claro, a hipótese sobrenatural, sempre lembrada por Watson Pritchard (Elisha Cook Jr.), o antigo proprietário. Entre fantasmas e perigos bem mais reais, assiste-se ainda a um jogo de vontades entre o casal Loren (Vincent Price e Carol Ohmart), cujas interpretações os tornam quase mestres de marionetas que puxam os cordelinhos de tudo o que se vai passando.

O filme ficou ainda famoso pelo facto de William Castle ter colocado nalguns cinemas dispositivos que faziam esqueletos sobrevoar a sala. Também o início do filme, de ecrã negro com o som de gritos horrorizados é uma imagem de marca do realizador na criação de um ambiente que gere a ansiedade e o medo na sala de cinema, e que ele exploraria ainda mais profundamente no seu filme seguinte, “The Tingler”, também com Vincent Price.

Considerado um clássico do terror “House on Haunted Hill” foi restaurado para ser editado pela Warner Bros. em conjunto com o remake “A Casa do Passado” (House on Haunted Hill, 1999) de William Malone. Em 2005 a Legend Pictures editou uma versão colorizada do filme de William Castle.

Produção:

Título original: House on Haunted Hill; Produção: William Castle Productions; País: EUA; Ano: 1959; Duração: 74 minutos; Distribuição: Allied Artists Pictures Corporation; Estreia: 17 de Fevereiro de 1959 (EUA).

Equipa técnica:

Realização: William Castle; Produção: William Castle; Argumento: Robb White; Música: Von Dexter; Fotografia: Carl E. Guthrie (preto e branco); Produtor Associado: Robb White; Direcção Artística: Dave Milton; Montagem: Roy V. Livingston; Director de Produção: Edward Morey Jr.; Cenários: Morris Hoffman; Figurinos: Norah Sharpe, Roger J. Weinberg; Caracterização: Jack Dusick; Efeitos Especiais: Herman E. Townsley.

Elenco:

Vincent Price (Frederick Loren), Carol Ohmart (Annabelle Loren), Richard Long (Lance Schroeder), Alan Marshal (Dr. David Trent), Carolyn Craig (Nora Manning), Elisha Cook Jr. (Watson Pritchard), Julie Mitchum (Ruth Bridgers), Leona Anderson (Mrs. Slydes), Howard Hoffman (Jonas).

Anúncios